Archive for 16 de Abril, 2009

h1

Absurdo Académico

16/04/2009

Recebi um e-mail que falava da desigualdade, para efeitos de concursos públicos, entre quem obteve o grau de Licenciatura antes de Bolonha e quem lhe vê conferido o grau de Mestre, já de acordo com o referido Tratado.

Na prática, o tempo que um licenciado pré-bolonha e um mestre pós-bolonha  passaram na Universidade é o mesmo, logo terão, à partida, adquirido o mesmo nível de conhecimentos, segundo curricula idênticos. 

Todavia, no que concerne a candidaturas a empregos na função pública, parece que quem tem o grau de mestre conferido no período pós-bolonha  se encontra em situação de vantagem, dando assim azo a situações de “concorrência desleal” e injustiça na selecção de concorrentes.

Então e as pessoas que, tal como eu, obtiveram ou estão em vias de obter o grau de Mestre, em que os curricula se encontram estruturados nos moldes anteriores ao Tratado de Bolonha, ficando assim com um ano a mais de frequência académica?!

Bem vistas as coisas, nem uns nem outros estão à altura da designação! Mestres eram os meus dois avôs, o paterno mestre “veladeiro”, o materno um mestre a criar gado bovino.

Se um dia, por estas razões, ficar excluído de um concurso público, receio que os meus pais movam uma acção judicial contra mim alegando burla e falsificação de documentos: ” Afinal estive eu a “paitrocinar-te” todo aquele tempo na Universidade para não teres habilitações para nada, Eduardo?!”

Abaixo fica a petição on-line para que esta ambiguidade seja clarificada:

http://www.petitiononline.com/tratbol/petition.html