Archive for 3 de Maio, 2009

h1

Saudações

03/05/2009

Assobiou-me do lado de lá da rua e cativou-me a atenção. Braço direito em riste, apontando diagonalmente às nunvens espraiadas no céu, dedos  juntos e esticados, cara de lacaio. 

Depois de lhe ter dito, noutras ocasiões, que não achava piada nenhuma àquele ritual de saudação fascista, respondi-lhe, do fundo da rua da cadeia, de punho fechado, só  com o dedo do meio levantado.

Fervilhado com a minha reacção, desatou num pranto de recalcitração, rogando pragas e insultos.

Não tive culpa, foi ele quem começou. Ele é que teve a ideia de brincar às saudações.

Anúncios