h1

Mitos Rurais

18/08/2009

Do prurido psicossocial causado pela actuação dos Buraka Som Sistema em Monchique, resultou o amortalhamento de um outro mito, transformado em tradição, pela vetusta memória colectiva das gentes deste oásis algarvio.

Não se cumpriu a profecia vaticinada por oráculos infalíveis, acerca da invasão de Monchique por autocarros empilhados de seres ávidos de confusões, mutilações e outras complicações. A vila não ficou reduzida a cinzas, prestes a ser colonizada por cafres e cubatas, nem o Summer Sounds teve o mítico epilogo tão comum a tantos outros eventos desta natureza, o famoso mar de cacetadas.

Bento de Espinoza, filósofo panteísta, defendia que as emoções só podiam ser destruídas pela acção de emoções mais fortes. Tendo a concordar e a adaptar a tese para a questão dos mitos urbanos / rurais. Um mito só pode ser vencido, quando ultrapassado por uma quimera ainda mais fabulosa. E, de um simples mar de cacetadas ao caos e às águas de bacalhau em que tudo acabou por ficar, vai uma grande distância.

Anúncios

2 comentários

  1. Diz que vinham autocarros e autocarros não sei de onde…


  2. Devem ter confundido os Buraka com o Fernando Pereira. Um famoso acordeonista que enche bailes porque se faz acompanhar dum autocarro carregado de gente para onde quer que vá…



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: