h1

O Adolfo, a luxúria e o canibalismo neoliberal

02/12/2009

«O que está na génese do Capitalismo é o valor. E o valor é uma aldrabice, é uma Dona Branca. É uma capacidade de ludibriar. A partir do momento em que o valor começa a ser mais do que uma troca directa e começa a ser uma acumulação, torna-se póquer. E um póquer do qual é vencedor o mais cabrãozinho. Um sistema económico que se baseia nestas premissas nunca pode dar um bom sistema político e nunca pode dar boas pessoas. Tenho esperança que se pudesse haver outra escolha as pessoas seriam diferentes. Mas não há outra escolha.»

Adolfo Luxúria Canibal (Mão Morta) in: Sol

Imagem: cartoonweb.com

Anúncios

2 comentários

  1. Se ganhasses 1€ de cada vez que dizes ou escreves a palavra neoliberal, tornar-te-ias um! 😀


  2. Boa analogia Carina. Acredita que não tenho quaisquer intenções depreciativas ou propagandísticas de cada vez que me refiro ao termo. Utilizo-o porque, infelizmente, essa é a via seguida por muitas Nações e Organizações Supranacionais na reconfiguração do papel do Estado. Uma via que nos trouxe à latrina que hoje conhecemos e que não consegue propor mais que as suas próprias causas como loção superlativa para nos esburgarmos dela.

    Prefiro ver as coisas por este prisma, sem me tornar pior pessoa que aquela que possa vir ainda a ser.



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: