h1

Shake shake shake

17/12/2009

aqui se disse e comprovou, à boca cheia e com as falangetas lambuzadas de inolvidáveis certezas, que Portugal é, morfoestruturalmente, um país falhado. Segundo os bravos investigadores do USGS, o sismo sentido hoje, em que o epicentro não foi propriamente localizado na superfície continental mas sim a cerca de 100 Km a OSW de Sagres, com uma magnitude de 5.7 na escala de Richter e a 10 Km de profundidade, demonstra a elevada sismicidade do território nacional.

Conforme poderá examinar no google earth, a localização reporta-se ao suspeito do costume, a Falha da Ferradura, uma zona bastante activa de convergência entre as Placas Euroasiática e Africana, situada a SW do Cabo de São Vicente.

Quando um sismo ocorre, o problema não é o mar de vibrações sentido, num chão de gelatina estremecendo debaixo das solas, é a chuva desabrigada de entulho, cacos e vidraça que nos cai em cima…

Localização do epicentro do Sismo de 17/12/2009. Fonte: USGS

Anúncios

8 comentários

  1. Não imaginas o que o prédio abanou no 12º andar! Isto tá bom é pra ti, que gostas destas coisas.. 🙂


  2. Rui Barros, esse prédio é das últimas construções a vir abaixo em caso de sismo, guerra ou ataque terrorista. É uma garantia dada por alguem que conhece perfeitamente a qualidade do trabalho de quem erigiu esse monumento habitacional onde vives. 😉


    • Sim, é o que se diz!
      O meu pai só pensava “diz que o prédio tem muito ferro, diz que o prédio tem muito ferro”. Mas sentia-se mesmo o prédio a abanar, como ramos ao vento!

      Bem podias ter dado a previsão…andaste a estudar geografia pra quê? Hoje há mais, ou posso dormir descansado? 🙂


      • Rui, isso não é um prédio, é um bunker! Quanto a previsões, é melhor perguntares ao outro amigo nosso, Técnico Geral com doutoramento e Tudologia, que sabe bué sobre tudo! 😛


  3. Fonix…pensei que era o vento…mas o vento nao era certamente…fui ver…


  4. Filipe, vento não foi certamente, porque o vento não urra assim! Porém,não deixam de ser interessantes os sons produzidos por um fenómeno deste tipo, desde que esse estribilho não envolva queixumes…


  5. Afinal qual foi a magnitude do sismo?!?Já ouvi 6.0,6.1 e agora 5.7!!!Em que é que ficamos?
    Numeros à parte,que me deu arrepios deu!O que tem de bom é que serviu para embalar o meu pequeno no soninho dele.Nem sentiu!É bom ser-se criança.


    • O valor de magnitude apontado ao sismo depende da entidade na qual os vários orgãos de comunicação social se basearam. Segundo a pesquisa que efectuei, 6.0 foi o valor registado pelos sismógrafos do Instituto de Meteorologia português, à semelhança do referido pelo Centro de Sismologia Euro-Mediterrânico, enquanto que o Instituto de Sismologia Espanhol registou uma magnitude de 6.3. Já o United States Geological Survey (USGS) referiu uma intensidade de 5.7 na escala de Richter.

      A razão que me levou a escolher o último valor foi a de que os serviços geológicos americanos tinham, passadas pouco mais de duas ou 3 horas após o sismo, um conjunto de informação no site, que mais nenhuma entidade portuguesa ou internacional conseguiu disponibilizar em tão pouco tempo.

      Acredito que o valor mais fidedigno até possa ser o avançado pelo Instituto de Meteorologia, no entanto a informação mais completa, mais detalhada e mais diversificada acerca do abalo sísmico é, claramente, a do USGS, pelo que, por uma razão de coerência, decidi manter na posta todos os dados fornecidos no site do USGS.

      Quanto ao nosso Togui, não tenho a menor dúvida que vai crescer sensibilizado para saber como agir nestas ocasiões. 😉



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: