h1

Mark thing: Engenheiros de obras feitas

26/04/2010

Imagem enviada por Ana Maria Pinto

Este lugar lusitano que habitamos, tem, entranhados nas vísceras do código genético, cada vez mais cromossomas que fazem dele um país de doutores e engenheiros. E, não sendo de todo impossível mudar de nome em Portugal, impressiona o número de pessoas que só escolhe fazê-lo depois de concluído com sucesso um percurso académico, dando-se o caso formidável de, dentro de um quase ilimitado cardápio de nomes, muitos acrescentarem “doutor” ou “engenheiro” como prefixo de outros nomes que verdadeiramente os identificam como gente.

Feita a pensativa introdução, não estranha a estratégia de marketing da imagem, apostada na sinonímica “suor” e “transpiração”. São, de facto, sinónimos. Todavia, não são sinónimos inocentes. O trolha sua as estopinhas no trabalho penoso de erguer as paredes que o impedem de chegar ao estatuto transpirado e transluzido do engenheiro. Como a profissão determina diferentes disposições fisiológicas, sempre é melhor ter dois tipos de capacete, não vá dar-se o caso de alguém ser tratado por um nome que não é o seu.

ADENDA:

Em boa hora o Pedro Aniceto, corifeu do Reflexões de um cão com pulgas, uma das estrelas polares do Terra Ruim, me espertou para a presença de uma outra pérola no reclamo. «Alcochoado», é palavra que não consta em nenhum caderno de significados da Língua Portuguesa.

Anúncios

4 comentários

  1. Vou roubar isto. Desculpa, não resisto. Tens aqui uma mina de ouro e eu sou fã desta página. E escapou-te um detalhe no “alcochoado”…

    Abraço

    PA


  2. Reparo agora que o capacete do engenheiro está adaptado a viseira e auriculares, apetrechos obrigatórios para a Segurança no trabablho.
    Mas parece que o trolha não precisa disso.


  3. Olá,

    descobri a utilidade do capacete de engenheiro.
    Aqui:
    http://bit.ly/9EBcne


  4. […] de símios me afinfe umas dentadas se a notícia acima não é a melhor forma de corroborar a ideia desatinada de que vivemos num país virado para doutores e engenheiros. No local da ocorrência estavam dois carros de bombeiros, um jipe e um engenheiro. A presença […]



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: