h1

Los 33

14/10/2010

Esperei, com a paciência de 33 Jobs, pelo término das operações de resgate dos mineiros encurralados no deserto de Atacama para poder finalmente lavrar as palavras que me apetecem dizer sobre o assunto.

Solidário com as atribulações das vidas de cada um daqueles 33 homens, desesperadamente passadas nas profundezas da escuridão, não foi a primeira vez que me senti mineiro. Nem a segunda.

Na primeira, a descida de umas dezenas de metros nas Minas de Neves Corvo, durante uma visita de estudo da primária, apenas me fez perceber que há homens que vivem como as toupeiras. Em busca de tesouros guardados debaixo das pedras, entram nas entranhas da terra através roscas de artérias helicoidais e transformam a luz leve do dia na densidade do breu. Noite cerrada.

A segunda vez que me senti mineiro foi quando li Manuel do Nascimento, Engenheiro de Minas, escritor da minha terra e sofredor da mesma agónica opressão que tolhia de negrura o quotidiano dos mineiros de então. Aquilo que escreveu num conto chamado “Nada de Importância“, em o ” O Último Espectáculo“, é uma súmula dos últimos dois meses de vida dentro do tutano do deserto chileno. Basta substituir “quatro” por trinta e três, e “aldeia” por mundo:

« Levantei-me e fui à porta. O vulto de um homem esperava-me à distância.

– Que há?

– Abateu a galeria 5.

– Toda?

– Não, senhor engenheiro.

– Estava lá alguém?

– Quatro [33] homens.

– E então?

– Ficaram lá todos.

[…]

Era preciso chegar. Outros homens corriam também. Toda a aldeia [Mundo] se levantaria ao saber do desabamento.»

Ontem, voltei a sentir-me mineiro, multiplicado por 33. E chileno, também. Nos ossos, nos nervos, na carne, na pele e nas pilosidades daqueles homens. Na intemporalidade, universalidade, pertinência e sagacidade da pena de Manuel do Nascimento.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: