h1

Poente

07/02/2011

Sol terroso,

Luz cadente.

No apagar vagaroso

do teu ocre, semeia-se a noite eternamente.

Fotografia: Humberto Veríssimo

Anúncios

One comment

  1. Poema e poesia em perfeita harmonia!
    Excelente!



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: