h1

Flor de Maio

01/05/2011

Primeiro de Maio.  O dia, miserável, macambúzio, ensimesmado e sem a paisagem atmosférica necessária à sua grandeza, pedia, pelo amor de Deus, um gesto de caridade humana que o bendissesse. Meti-me no carro, galguei à Picota, e fiz o que pude:

No ventre da terra moça, humedecida pelo cio,
O milagre da vida
Aconteceu:
Do chão voluptuoso da Primavera retraída
A flor de Maio rompeu
E floriu.

Fotografia: Picota, Serra de Monchique

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: