h1

Frustração

05/12/2011

Tem sido de caixão à cova. Falhanço atrás de falhanço – nas escolhas tomadas, nas responsabilidades que me são acometidas, nas reacções que me são devidas – é num confrangedor exame de consciência que vou remordendo as horas passadas. Tenho fracassado sempre. E o alvo crivadinho de setas. Pareço um doente incurável, lúcida e conscienciosamente à espera que o galgar do sofrimento termine na última pancada do coração.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: