h1

Sintonização

15/01/2012

Colo os ouvidos à gravação sumária

A relembrar o dia-a-dia.

Numa ânsia arbitrária,

De paciente teimosia,

Avanço para trás, recuo para a frente

À procura de um grito,

De um verso livre e aflito

Sumido vagamente

Na emissão

Do coração.

Até que de repente

Surge a manifestação da verdade concluída

A lembrar que a ressonância da vida,

Incandescente,

Se sintoniza nas ondas curtas do presente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: