h1

Povo

04/08/2012

Há pessoas que começam antes dos rios
E acabam na imensidão dos mares.
Há pessoas que são fios
Apertados entre os lapedos dos teares.
Há pessoas que são estios
A regar de sede os pomares.
Mas há outras que não são.
Ficaram águas estagnadas, 
Turvas e  represadas
Pelos muros da palavra solidão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: