h1

Erupção emotiva

13/11/2012

Explicava-lhe que não, que todas as hipóteses de existir um vulcão adormecido no cocuruto da Picota eram meras assombrações especulativas, apenas explicadas à luz das formulações teoréticas da imaginação, enquanto deixava uma réstia de positivismo lírico enfrentar a colina de soslaio, a desejar que aquela borbulha geológica rebentasse de uma vez por todas e trouxesse à tona uma nova rocha-mãe, natural, feminina, seca, disponível, de saias subidas, sem espartilhos a apertar-lhe a silhueta, onde pudesse afundar com maior firmeza as raízes da esperança.

Anúncios

One comment

  1. Máio de 1986 ainda não sabia da existência da tua pessoa, numa tarde porreira de sol e capaz para a futebolada mas não muito livre derivado ao compromisso escolár eis quando nos apareceu na escola um pequeno teologo vindo sabe se lá de onde a mandar toda a gente para casa que ia rebentar o vulcão adormecido da picota . pânico geral entre os putos não por o tal dito como diria um colega da altura vulto cão mas sim porque as equipas iam formar se á pressa sem preparação previa .
    Trés vivas ao vulcão da picota.



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: