h1

Insónias

22/01/2013

Enquanto os outros dormem e aprofundam as possibilidades infinitas dos sonhos nas enxergas do subconsciente, eu permaneço desperto e com uma pilha de silêncios escuros à cabeceira, velando a impossibilidade cismada nos meus.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: