h1

Queda

10/02/2013

Alpinista desajeitado do sentir
Pendurado a uma corda de versos,
Deixo-me levar até cair
Nos sentimentos dispersos
Dos abismos da vida.
Estico a tensão ao baraço,
Vejo-o partir pelo cansaço,
E fico sem coração para a subida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: