h1

Sopro sonoro

11/02/2013

Vento…
Música da monotonia
Tocada de todos os quadrantes,
Uiva agora como uivava dantes
O sopro frio da melodia
De pequenos homens gigantes
Moídos pela melancolia.

Vento…
Som da Natureza a respirar
As notas de uma canção
Ensaiada no pensamento
E nas cordas da imaginação –
Velas do esquecimento
Ou mós da inquietação?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: