h1

Coliseu

20/02/2013

Vi-me no jugo de dias imperadores.
Numa batalha de gladiadores,
Era o guerreiro a combater-se na arena.
Lutando contra os próprios dissabores,
Cumpria em mão pesada a sua pena.
Cresciam vozes nas bancadas,
Pediam um golpe fatal àquele réu.
E logo depois, já caladas,
Viam que as setas atiradas
Contra o prumo do céu,
Caíam apontadas
Ao centro do coliseu.
Crivadas
Num alvo que era eu.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: