h1

Fatos por medida

28/04/2013

É uma síntese irónica, desfigurada, mas real. A vida parece-se cada vez mais os fatos que levo aos casamentos de familiares e amigos. Ou por largura excessiva nas mangas, ou por defeito no perímetro da cintura, nada me parece talhado à deformação das minhas medidas. O único fato que me assenta bem no espelho da consciência é o da genuinidade. Mas quando faço de figura de proa ao vesti-lo, não posso deixar de corar de vergonha e remorsos sempre que, diante daqueles a quem o íntimo protocolo da simplicidade obriga a apresentar-me dessa maneira, me esticam o dedo e, num coro timbrado de pudor, dizem que estou nu.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: