h1

Perdoar

10/12/2013

Atentemos nisto: é curioso constatar que, mesmo no meio desta desgraçada condição em que o progresso das coisas técnicas se presta à aproximação dos homens, o maior espaço passível de ser ocupado entre duas pessoas é o silêncio. E o silêncio por oposição à linguagem – reflexo fiel da nossa essência -, é das coisas mais tristes e repulsivas que há no mundo. Sei de ciência exacta e por empirismo pessoal que quem não sabe ouvir silêncios, não se ouve nem sabe fazer-se ouvir. Mas o silêncio intransponível decretado por palavras impiedosas é como a terra de ninguém numa guerra desolada onde a razão não encontra paz no coração da gente. Ora é justamente nisso que acabo de reparar, agora que dedico o último suspiro do meu dia a este trecho de uma mensagem de correio electrónico que me mandaram há tempos. Desde então, esse extenso rol de prosa afiada tem pilhado o meu sono nas últimas horas de vigília quotidiana. Mas foram palavras crispadas escritas por alguém travado de razões desesperadas. Palavras de uma mulher bonita da cabeça aos pés, e, saídas de mãos ou de lábios femininos, as palavras mais avinagradas, mais pontiagudas e mais lancinantes são pétalas murchas de uma flor irresistível que há-de ser fruto e semente de outras palavras doces e perfumadas. Embora ainda me doa a mudez pungente que abriram entre nós, é meu dever perdoá-las de uma vez por todas. Perdoar, pois. Perdoar tudo. Perdoar aos outros o que os outros se perdoam, mas não nos perdoam a nós. E pode ser que assim se façam horas de começar a combater contra este carrasco silencioso e implacável que vive impulsivamente dentro de mim e possa, por fim, perdoar-me a mim mesmo também.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: