h1

Um fogo que arde sem ser

10/12/2013

Disse-lhe, a propósito das diferentes maneiras de encarar determinadas circunstâncias:
– No que me diz respeito, prefiro queimar-me nas reacções mais impulsivas a deslizar no gelo das superfícies ponderadas.
E aqui estou, perdido num labirinto de labaredas do meu próprio contrafogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: