h1

Fugitivo

02/01/2014

Abri o coração.
E a grande admiração
Ao senti-lo pulsar tão perto,
Foi a infinita dimensão
De o ver assim, aberto,
Maior que o meu próprio punho.
Vou deixá-lo secar o tempo certo,
Até ser só um deserto
Quando chegar o mês de Junho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: