Posts Tagged ‘Poetas’

h1

Causa poética

12/01/2013

Homens iguais aos mais,
Cheios de tempo e de imensidade
Numa bússola ou num sextante
Procuram nos versos esse instante
Onde a geografia é toda eternidade.
Escadas erguidas em caracol
Subindo a paisagens abertas,
São o céu e são profetas:
Raios de sol sobre a areia mole
Perdidos em solidões desertas,
Têm nas sombras o recorte
Dum ponteiro dizendo o Norte
Quando as horas são incertas.

h1

O préstimo cívico da poesia

05/09/2012

Nunca ouviu falar de Gide, de Rilke, de Goethe, de Eliot, de Poe, de Whitman, de Pound ou de Szymborska. Conhece apenas excertos dos sonetos de Camões citados a martelo e umas estrofes obscenas de Bocage que apanhou de ouvido. Em Pessoa, fica-se por aqueles dois versos do Mar Português que, paradoxalmente, lhe apoucam as veras da alma. É político. Não gosta de poesia. Se gostasse, não tinha tão maus fígados, tão má ortografia e tão maus sofismas na retórica.