Posts Tagged ‘Povo’

h1

Indignação

16/09/2012

Horas custosas as vividas nos metrónomos sociais do país. A Esperança hipotecada pela traição daqueles a quem diligentemente lha outorgamos. Farto de comer e calar, o povo juntou-se e, dando voz atormentada à consciência colectiva, num caudal de indignação e de revolta, galgou as margens passivas da resignação em vários lugares da pátria. Gritou, protestou, esbracejou, imprecou e respondeu com valores de democracia à perversão das equações econométricas vendidas pela ortodoxia neoliberal como hóstias de salvação. O seno e o cosseno das vontades individuais somadas a medir os mais de oitocentos anos de preservação da nossa identidade soberana. Sobre os cortejos de ontem, que as actas e gráficos existenciais  futuros não digam apenas isto: “o povo varreu a sua testada, arruou a indignação, recolheu à serenidade do lar e, na segunda-feira, foi tratar da vida.”

h1

Povo

04/08/2012

Há pessoas que começam antes dos rios
E acabam na imensidão dos mares.
Há pessoas que são fios
Apertados entre os lapedos dos teares.
Há pessoas que são estios
A regar de sede os pomares.
Mas há outras que não são.
Ficaram águas estagnadas, 
Turvas e  represadas
Pelos muros da palavra solidão.