Archive for Novembro, 2009

h1

Finding “memo”

29/11/2009

Imagem: ionline

Assim se escreve, em bom português.

Anúncios
h1

O Algarve é uma região de Portugal, habitada por muitos portugueses

27/11/2009

Imagem: Biblioteca Digital Mundial - UNESCO (clique em cima para ampliar)

E quem me diz a que dinastia pertenceu  El Rey D. Alfonso?

h1

Eu bem ouvi os sinos dobrarem a finados

27/11/2009

Imagem: ionline

h1

Ah leões!

26/11/2009

Imagem: Record online

Assim se escreve, em bom português.

h1

Casa roubada, chaves na porta

25/11/2009

 

Disseminados que estão o latrocínio e a gatunagem por tudo o que é alcaçaria e bulevar, não é de estranhar o aparecimento das mais artificiosas formas de perder o menor número de bens, em caso de roubo. A chave pendurada atrás do vidro é o reflexo de uma das bem-aventuranças da economia, o efeito de substituição, cuja tese doutrinal indica que o preço de um bem aumenta levando à sua substituição por outro tipo de bens, menos caros, permitindo a satisfação da mesma necessidade embora a menores custos. Não percebeu? Repor um vidro é mais barato que repor uma fechadura, o ladrão pode continuar a roubar e o comerciante pode continuar a vender na tabanca.

h1

Confusion is a fundamental state of mind

25/11/2009

Imagem: ionline

Quem conhece, verdadeiramente, o fenómeno da Desertificação deve começar a convencer-se que anda a pregar às pedras. As áreas desertificadas não precisam de médicos, nem de diagnoses hipocráticas, precisam sim de políticas de uso adequado do solo e gestão sustentável dos recursos naturais. Tudo o resto são os enleios do costume a reduzirem o fenómeno a uma questíuncula.

h1

Nas pontas dos dedos

24/11/2009

«Hacho que não deve confundir-se a questão do custo das propinas e acesso dos mais pobres à universidade -isso resólve-se com um sistema de bolsas adequado- , com uma maior profissionalização e, porque não, mais “empresarialização” da universidade pública

Não só me desagrada a ortografia como também me faz espécie o conteúdo de tal afirmação.