Posts Tagged ‘Sol’

h1

Morada

02/02/2013

Que bom seria estar fora de tudo,
Poder olhar sem ninguém me ver!
Fazer do nada o triste conteúdo
Das poucas palavras que sei dizer.
Que alívio passar despercebido
Aos olhos do chão, do sol e da gente.
Caminhar discretamente,
Sem deixar nem rasto nem ruído,
Andar ao largo, distraído,
Sem entender o que aconteceu…
Todas as coisas moravam perto,
Tudo estava no lugar certo,
Menos eu…

Anúncios
h1

Estados de alma e a paisagem

16/10/2012

Queria que eu mudasse de lentes , que transformasse prantos exasperados em bebedeiras alegres, que comparticipasse na exaltação da flor sedosa do cardo e não no gume afiado dos espinhos:

– Você escreva coisas mais animadas. Saia das trevas. Parece que está sempre a morrer afogado em aguaceiros de desespero!

E não viu as fresas de sol a rasgar um sulco dourado numas nuvens de tempestade e terra preta que planavam sobre as várzeas de São Marcos.

h1

Desilusão

26/09/2012

Queria, agora, ao abrir a porta,

Que não me entrasse em casa um inverno.

Raios de um sol escrito a letra-morta

Apagados na chuva do caderno.

 

Queria ver a escorrer na rua,

Lavado no barro dum ribeiro,

O sorriso atrás do nevoeiro

Que ontem vi na Lua.

h1

Boletim

09/09/2012

Calor, céu limpo e Sol no boletim
E neste lugar o frenesim
Depois do ócio.
Há palavras de equinócio
Vestindo cores nos arvoredos.
Versos batidos a chuva, frio e vento,
Assobiando nos penedos
As dores do fingimento.

h1

Heliotrópio

29/07/2012

Ao acordar da manhã

É a aurora de um novo afã

Que se introduz

E se me escapa.

É não sei que buraco de luz

Que o sol não tapa.

h1

Refugo

13/03/2012

Vida levada do diabo, a minha. Aposto todas as economias humanas nela, perco sempre, e empenho-me mais ainda na tentativa desesperada de recuperar os pecúlios íntimos e saldar as contas penhoradas no destino. Pareço um daqueles frutos refugados no interior dos ramos desgrenhados das árvores, onde o sol só chega por favor ou por acaso. Inacessíveis, nunca amadurecem por completo. Quando o tempo necessário para ganharem doçura e cor se cumpre, já passaram da época.