Posts Tagged ‘Céu’

h1

Saber viver

08/10/2012

Tem nos olhos uma luz lírica, indefinida. Às vezes, torneada por um azul cheio de céu e de mar, noutras, pela sombra verde e frondosa dos castanheiros que apenas se dão a certas altitudes. Cada palavra caída dos lábios é neve emotiva na alacridade dos sentidos e no chão fofo do entendimento. Tira-nos peso do peito. Manuseia com fina destreza todos os lumes da vida. Os mesmos que, na ânsia fascinada de os agarrar, me têm deixado bolhas opadas nas palmas das mãos.

Anúncios
h1

Significação

09/08/2012

A gente pouco sabe
Sobre a  pequenez da vida.
Apenas que não cabe
No estalão de nenhuma medida.
Maravilha tão bela e tão imensa,
Que tudo o que sobre ela se pensa
Vai além de fórmulas e teoremas,
Melodias e poemas.
É um milagre sem ter crença
De olhar a largura toda do céu
A procurar as estrelas
E tendo só neblina como véu
Conseguir vê-las.

h1

Verão

04/07/2012

Verão

A palavra acalora-se no chão

E despe a casaca encardida das misérias.

Pára o tempo num céu azul de lassidão.

É a própria vida que vai de férias.

 

Nem o sopro fresco de uma aragem

Se sente.

Quieta, eloquente,

A paisagem

Dorme à sombra da ramagem,

Sob as folhas de uma sesta permanente.

 

Alto,

O sol erguido a pino num só salto,

Traz às horas um clarão de levedura.

Contornos ondulados no asfalto,

Despertam dos braços da negrura.

Evaporados

E afogueados

Num bafo amargo de secura.